segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Alimentação de crias de Circus pygargus

video

Estas imagens foram captadas em Alijó no âmbito de um estágio de fim de curso de Ecologia Aplicada da UTAD, realizado no Laboratório de Ecologia Aplicada pelo João Gaiola em 2008.

Link para o estágio:

Gaiola, E. P. J. 2008.Ecologia Reprodutiva de uma População de Tartaranhão-caçador (Circus pygargus, L.) nidificante no Nordeste de Portugal


4 comentários:

Tânia Costa disse...

Primaço! Grande oportunidade! Adorei a qualidade do vídeo. Continua primo. Precisamos disto! Beijos

Marco Fachada disse...

Boa. Por curiosidade, 2 questões:
- sabem qual a presa?
- desta ninhada quantos sobreviveram?

Marco

Luis Braz disse...

Ainda não tinha visto o resultado das gravações deste trabalho. João, os meus parabéns pelo esforço, dedicação e paciência...

João Gaiola disse...

Caro Marco,

desde já agradeço seu comentário.
Em resposta à sua primeira questão neste vídeo não deu para perceber se era uma ave ou um rato, mas posso dizer que abas fazem parte da alimentação desta colónia pela breve análise das egagrópilas recolhidas. Noutro vídeo que temos, pode-se ver perfeitamente que é um Sardão e que a progenitora chega já com ele ao ninho sem cabeça, comportamento este, que é comum ser realizado pelos progenitores.
Quanto à segunda questão a progenitora colocou 4 ovos, nasceram as 4 crias mas só 3 conseguiram sobreviver/voar.

Cumprimentos

JGaiola

Enviar um comentário