quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Chamamentos sociais dos pipistrellus

Os morcegos, além de emitirem constantemente sons de ecolocalização, também produzem outros tipos de sons, entre os quais sons de caça designados de “feeding buzz” e sons de socialização designados de “social calls”.
Os chamamentos sociais são sons complexos, que normalmente são emitidos dentro dos abrigos durante o dia, contudo, também podem ser emitidos em voo durante a noite em área de alimentação ou passagem ou quando estão a repousar. A finalidade destes chamamentos é muito diversa e a ainda não esta totalmente compreendida, mas podem representar comunicação entre jovens e adultos, cortejamento, marcação de território ou simplesmente vocalizações agnósticas.
Tendo em conta a especificidade das vocalizações das diferentes espécies de pipistrellus que ocorrem no nosso território (P. kuhlii, P. pipistrellus e P. pygmaeus) a sua identificação pode ser condicionada pela sobreposição de frequências de emissão.
Limites mínimos e máximos da frequência máxima de emergia (FMaxE)  dos pulsos de navegação dos 3 pipistrellus.

A presença de chamamentos pode ajudar na identificação das espécies com mais segurança. Assim se tivermos um chamamento constituído por dois a cinco pulsos com FMaxE entre 14 e 17kHz e uma frequência final inferior a 13kHz, estaremos muito provavelmente na presença de um Pipistrellus kuhlii.
video

A confirmação de Pipistrellus pipistrellus poderá ser muito provável pela identificação de chamamentos sociais constituídos por dois a cinco pulsos com FMaxE entre 17 e 20kHz e uma frequência inicial situada entre 24 e 34kHz.
video


Já no caso do Pipistrellus pygmaeus, a presença de chamamentos sociais constituídos por dois a cinco pulsos com FMaxE entre 19 e 22kHz e uma Frequência inicial superior a 34kHz, poderá confirmar a sua identificação com alguma segurança.
video
È claro que, como em tudo na natureza, nada é exato e há sempre aqueles decidem fazer coisas fora do normal e estranhas só para nos chatearem…

Sem comentários:

Enviar um comentário