sábado, 1 de março de 2014

Um pigmeu gigante



De entre todos os morcegos, o Pipistrellus pygmaeus (morcego-pigmeu) é o mais pequeno da nossa fauna, pesando em média apenas 4 gramas, em termos de comparação e para quem tenha dificuldade em ter a noção da ordem de grandeza, seria necessário dois morcegos-pigmeus para pesar o equivalente a um saquinho de açúcar.


Os 39ºC de temperatura corporal e os cerca de 1000 batimentos cardíacos por minuto, faz com que este morcego dissipe muita energia, pelo que esta perda de energia tem que ser compensada pela ingestão de muita comida e é aqui que este pigmeu se torna num gigante!

 Pipistrellus pygmaeus (morcego-pigmeu)

Por noite este pequeno morcego, come em média 3.000 insetos (principalmente melgas e mosquitos), se tivermos em conta que o período de atividade é de 10 meses (300 dias), em apenas um ano, um morcego-pigmeu consome aproximadamente 900 mil melgas e mosquitos, multiplicando este número pela esperança de vida média, que é de 15 anos. Um morcego-pigmeus durante a sua vida come cerca de 13,5 milhões de melgas e mosquitos, o equivalente a cerca de 34 quilos de melgas e mosquitos!


Sem comentários:

Enviar um comentário